Logo Anatomia Patológica

Sistema Muscular e Câncer de Partes Moles

          Músculos estão presentes por todo o nosso corpo, em nossa face, braços, pernas, abdome, coração, intestino, em todos os órgãos. Sua coloração vermelha se deve a grande quantidade de sangue que irriga o tecido muscular. São compostos por células especializadas denominadas fibras musculares e, através do controle pelo sistema nervoso, são capazes de produzir movimento.

         Além da execução de movimentos corporais, são responsáveis pela estabilização de posições (permanecer em pé por exemplo), regulação do volume dos órgãos e movimentação em suas cavidades e manutenção da temperatura corporal através da produção de calor por sua contração

         O sistema muscular vai além do que conseguimos controlar e engloba também a musculatura dos órgãos, que funciona independente de nosso controle, como o funcionamento do intestino, por exemplo. Classificados em musculatura lisa, estriada esquelética e cardíaca, os músculos possuem características específicas de acordo com sua função e localização.

Câncer de partes moles

          Classificamos como partes moles o grupo de tecidos localizados entre a epiderme, componente da pele, e as vísceras, exceto ossos. Estes tecidos compõem uma parcela importante do peso corporal e incluem: músculos lisos e estriados, vasos sanguíneos e linfáticos, nervos periféricos, gordura, tendões e outros. Embora este seja um grupo diferenciado entre seus componentes, a denominação do câncer é comum a todos eles: sarcoma de partes moles.

Embora seja incomum, corresponde a apenas 1% de todos os cânceres, tem uma mortalidade alta. Isto ocorro devido irrigação sanguínea rica desses tecidos, o que facilita a disseminação neoplásica.

Mais comum entre pessoas acima de 50 anos e crianças, o câncer de partes moles tem sintomas variáveis e surgem principalmente nas pernas, tronco, cabeça e pescoço. De modo geral, a manifestação mais comum é a presença de um tumor, que pode ou não ser acompanhado de dor

Os principais tumores malignos de partes moles são os fibrossarcomas, lipossarcomas, rabdomiossarcoma, sinoviossarcoma, leiomiossarcoma, neurofibrossarcoma, histiocitoma maligno e sarcoma de Kaposi.

Foto ilustrativa do artigo Foto ilustrativa do artigo
Responsável Técnico:
Dr. Mario Rodrigues Montemor Netto
CRM 17340